Ela lutava contra um mieloma múltiplo, um tipo de câncer que afeta a medula óssea, e morreu nesta quinta, em São Paulo

Morreu nesta quinta-feira (11), no hospital Albert Einstein, em São Paulo, a jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo, aos 63 anos. Ela lutava contra um mieloma múltiplo, câncer que afeta as células da medula óssea. O quadro foi agravado após uma pneumonia. A informação foi confirmada pela TV Globo.

Natural de Morrinhos, em Goiás, Cristiana começou sua trajetória como jornalista há mais de 30 anos, cobrindo a política do seu estado natal. Trabalhou no jornal O Globo, no qual foi setorista do Ministério da Saúde. No mesmo periódico, iniciou a cobertura da política nacional, que a acompanhou até 2020, quando precisou se ausentar para tratar o câncer.

Depois de deixar O Globo, ela assumiu a coluna de política no jornal O Estado de S. Paulo. A estreia em televisão aconteceu em 1997, na Globonews. A jornalista trabalhava na sede da TV Globo, em Brasília. Inicialmente, ela fez parte da equipe de comentaristas do Jornal das Dez. Cristiana também teve um programa só seu na emissora de TV, o Fatos e Versões, e assinou uma coluna sobre os bastidores da política no portal G1.
Fonte: R7